Indiferente ao tipo de usuário, seja ele residencial ou empresarial, a grande maioria acaba deixando de focar em alguns detalhes importantes. Para que um negócio previna danos aos seus equipamentos é fundamental compreender a importância do Nobreak.

Pelo menos uma vez você já ouviu falar sobre esse equipamento que pode prevenir danos ocasionados pela rede elétrica. Afinal, na falta de energia ou falha na rede, servidores, computadores e outros periféricos podem vir a queimar.

Além desse risco, que é famoso entre os usuários, existem outros que podem agravar ainda mais a situação. Entre eles estão: perda de dados, inconsistências ao gravar as informações e falhas no sistema em geral.

Se você não quer correr o risco de passar por isso é imprescindível entender a necessidade de adquirir um Nobreak. Entenda mais sobre a definição desse equipamento e saiba como escolher o melhor para a sua empresa. Acompanhe!

O que é um nobreak

O nobreak ou UPS (Uninterruptible Power Supply) é um equipamento similar a um estabilizador, mas com algumas diferenças primordiais. Ele atua como um suprimento de energia auxiliar, onde previne em casos de falhas ou falta de energia elétrica, que seus dispositivos sejam bruscamente desligados.

Esse equipamento possui uma bateria própria para manter seu computador ou mesmo servidor em funcionamento, mesmo sem energia na rede. Após a detecção da ausência de eletricidade o sistema é acionado de imediato e mantém em pleno funcionamento todos os seus periféricos.

O tempo de funcionamento depende muito da capacidade de armazenamento do nobreak e pode durar mais ou menos. Em suma, esse sistema atua como um filtro que impede que todos os equipamentos ligados a ele sofram danos ou acabem queimando.

Por que é importante obter um aparelho desses

Já imaginou um servidor de dados ou servidor de rede, que apresenta importante papel na manutenção das informações de uma empresa, simplesmente queimar ou pior, danificar as informações essenciais dos clientes, por exemplo, que retrocesso seria para o negócio, não é mesmo?

Além disso, os próprios discos rígidos podem sofrem danos, ao passo que perdem de forma irreversível suas informações. O resultado, além da troca dos equipamentos, é prejuízo financeiro em níveis de segurança da informação.

Portanto, o nobreak permite que o sistema seja desligado corretamente, documentos e planilhas sejam salvos, além de assegurar a completa integridade do sistema operacional.

Vale ressaltar a necessidade de periódicas manutenções nesses equipamentos, a fim de garantir um bom funcionamento. Aliás, é importante não sobrecarregar a fonte auxiliar de energia, ou seja, respeitar os padrões dos fabricantes.

Como escolher o melhor tipo de nobreak

Para escolher o melhor tipo para sua empresa é fundamental estar atento a autonomia do aparato. A autonomia é a quantidade de tempo que esse equipamento irá manter ligado seus dispositivos.

Sendo assim, quanto mais dispositivos estiverem ligados menor será o tempo de autonomia. Via de regra, você encontra 3 modelos específicos no mercado, são eles: Standby (offline); Linha-Interativa; Online, veja cada um a seguir!

Modelo Standby ou Offline

Modelo voltado para pequenos equipamentos, escritórios e residências. Considerado como básico e barato é o modelo mais adotado no mercado. Contudo, é essencial compreender que se trata de um equipamento simples e baseado apenas em sua bateria para diminuir e conter as flutuações da rede.

Dessa forma, não possui medidas de seguranças avançadas e não é recomendado, por exemplo, para servidores ou datacenters. Seu sistema básico acaba não evitando que as oscilações diárias reduzam a vida útil do eletrônico conectado a ele.

Modelo de Linha interativa

Apesar de similar ao modelo offline ele apresenta um diferencial que amplia sua eficácia. O modelo de linha-interativa possui uma peça denominada de Regulador Automático de Voltagem (AVR).

Por conseguinte, ele realiza o controle e regula toda e qualquer flutuação da rede elétrica, garantindo a vida útil dos dispositivos conectados a ele.

Modelo online

Esse modelo é indicado para equipamentos que demandam grandes períodos de funcionamento como, por exemplo, um servidor. É considerado o sistema que gera a energia mais balanceada para manter a integridade da rede.

Também indicado para datacenters esse sistema utiliza dupla-conversão, ou seja, a energia recebida como corrente alternada é convertida primeiramente em corrente direta.

Isso gera o abastecimento da bateria, ao mesmo tempo em que liga outro recurso chamado de inversor. Esse aparato irá converter novamente essa energia em uma corrente limpa, alternada e com voltagem constante.

Esse mecanismo é o que torna esse equipamento o mais indicado para equipamentos em constante utilização. Contudo, são os modelos mais caros do mercado e como suas baterias estão em funcionamento direto, há maior desgaste e menor tempo de vida útil.

Mensure suas demandas antes de adquirir o equipamento

Diante todas as informações ainda cabe mais uma dica. É imprescindível determinar com precisão quais as necessidades da sua empresa. A partir disso é possível e viável determinar a melhor escolha.

Dessa maneira, além de economizar você estará adquirindo o equipamento que melhor atenderá às suas demandas. Esperamos ter mostrado as informações mais assertivas sobre o assunto e já sabe, qualquer dúvida entre em contato conosco, pois oferecemos o suporte ideal para o seu negócio!

Intersolid Software Logomarca
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
São Paulo: (11) 3181.5480
WhatsApp: (18) 99622-6172
R. Dr.Guilherme Bannitz, 126 | 8º andar conj. 81 CV.9476 | Itaim Bibi - São Paulo/SP
Av. Alberto Braga, 383 | Continental - Guararapes/SP